Reformar

Antes de começar a reformar, confira essas 5 dicas

Quando decidimos reformar uma casa, olhamos as áreas que precisam de reparos e começamos a pensar em todas as ideias que podem ser feitos para deixar o local mais funcional e bonito, além de corrigir problemas que não podem ser ignorados.

Desentupimentos de ralos, pintura das paredes, serviço elétrico, reboco de algumas paredes, além da manutenção como conserto de vazamentos de água, são alguns dos pontos que fazem parte da reforma, porém, é preciso saber o que fazer antes disso para que os reparos deem certo.

Antes que qualquer reforma começar, é preciso planejar como iniciará o projeto, quais os materiais que serão utilizados, as cores e quais os profissionais acionados para resolver problemas de manutenção preventiva. Confira 5 dicas para evitar problemas futuros com reformas.

  1. Não ignore problemas de manutenção ao reformar

A ideia inicial é fazer a reforma completa do banheiro, deixando mais moderno e bonito, porém, é preciso levar em consideração possíveis manutenções obrigatórias que não podem passar em branco.

Os problemas de manutenção são aqueles como infiltrações em alguma parede ou um possível entupimento no vaso sanitário e se não corrigidos, podem aumentar e causar sérios problemas a curto e médio prazo.

Por isso, antes de qualquer coisa no ambiente, chame um caça vazamentos para localizar possíveis vazamentos, pois estes profissionais utilizam equipamentos que conseguem identificar o problema com rapidez.

Já se a situação pode ser um entupimento no vaso sanitário, por exemplo, a dica é chamar uma desentupidora que além de desobstruí-lo, contrate uma manutenção preventiva para evitar mais entupimentos e vazamentos em todo local.

  1. Planeje tudo com cronograma e esteja pronto para imprevistos e atrasos antes de reformar

Crie um cronograma de início e fim do projeto e coloque tudo o que deverá ser feito e as etapas, pois assim terá melhor controle, inclusive, dos gastos de toda obra.

Contudo, imprevistos podem ocorrer. É um pedreiro que ficou doente, o material que acabou antes da hora ou surgiu um cano furado, são situações corriqueiras em reformas e que você precisa prever para se manter dentro do plano.

Além disso, imprevistos geralmente geram atrasos, e por isso é preciso estar preparado para esses inconvenientes possíveis.

  1. Se você mora em apartamento, siga as regras para reformas

Se você é morador de condomínio e tem um apartamento que pretende reformar, é fundamental conversar com o síndico e entender os direitos e deveres que possui para fazer a reforma sem trazer incômodo aos outros moradores.

Cumpra os horários de início e término e observe se os operários estão cumprindo essas regras, como o descarte de resto de obra nos locais corretos, evitando advertências e vizinhos irritadiços com a sujeira e barulho.

  1. Em ambientes pequenos, planeje móveis multiuso

Seja um apartamento ou uma casa pequena, para ampliar o ambiente, uma dica muito conhecida e válida é utilizar espelhos nas paredes, além de paredes com cores claras, que dão uma noção de que o lugar é maior.

Outra dica é usar móveis multiuso, ou seja, uma mesa que pode ser usada como bancada e cadeiras menores, com no máximo 60 cm de recuo para dar mais espaço.

  1. Ao final da reforma, faça você mesmo algumas mudanças

Quando a reforma mais pesada já tiver sido feita, como a construção de paredes, por exemplo, uma pintura pode ser feita por você mesmo e gerar uma economia na contratação de prestadores de serviços.

Antes de mais nada, avalie se conhece o básico de como fazer isso, como manipular rolos e pincéis, além dos tipos de tintas e cores existentes.

Agora, existem outras mudanças que você pode fazer e que são simples, como a colocação de vasos em um suporte, por exemplo. O importante é que você faça parte de todo o processo da reforma para se conectar e ficar satisfeito com a obra final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.